Visão da atualidade

Há muito tempo não posto nada aqui. Quando aqui estive pela última vez, em fevereiro do ano passado, pouco se sabia sobre o que hoje é assunto em tudo que é jornal. A lava-jato ainda era embrião e talvez nem tivesse as pretensões que hoje alcançou.
Naquele tempo o cenário econômico também era totalmente diferente, era o "começo do fim", como dizem. Hoje sabemos bem como um voto de má qualidade infere em nossa vida.
A crise econômica e política e institucional que vivemos hoje, assim como o Estado, é um mau necessário. Talvez tudo o que veio à tona e gerasse a insatisfação popular e a crise, não teríamos algo para tirar como exemplo. É a hora de enfrentar a corrupção de frente e não mais jogá-la por debaixo do tapete e fingir que tudo está bem. Por isso digo que toda essa turbulência que passamos hoje é necessária: creio eu que é a afirmação que os tempos estão mudando. O velho modo de fazer as coisas a moda Brasil ficou de lado.
Em parte, essa força de punir os errados, ainda que seja uma prática ultrapassada, se mostra hoje a mais viável, uma vitrine para exibição para que, por medo, não sejam cometidos novamente tais atos.
Agora resta saber qual será a postura do povo a partir de agora. Com a força da comunicação fácil que temos hoje, é necessário que não deixemos fazer o regresso, não cometendo os mesmos erros, não colocando na máquina pública os mesmos caráteres distorcidos.

Comentários

Postagens mais visitadas

A influência da mídia nos dias atuais

Resenha do livro 1808, de Laurentino Gomes

Resenha do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams