O por que da compra dos caças pelo governo?

Compra dos caças demorou 17 anos, mas saiu!

Nesses tempos de tanta espionagem internacional, embora pareça que tudo está muito calmo, não está. O Brasil, que anunciou ontem a compra de 36 caças Gripen por 4,5 bi já deu seu recado ao mundo.
Parece que tudo o que aconteceu anteriormente com relação aos casos de espionagem internacional tem mexido e muito com a relação dos países, principalmente o Brasil.
                                                                      A escolha dos caças suecos
foto: saabgroup.com
Embora teoricamente não seja o melhor no mercado, com base nos especialistas, que dizem ser o americano F18 o mais avançado tecnologicamente, e também o mais caro e o francês Rafalle, que também era muito caro e não era o mais cotado. Mas o que realmente foi determinante para a compra do caça sueco foi o fato da transferência de tecnologia, ou seja, a fábrica dos caças, a sueca Saab irá fazer a transferência, que é o mesmo que ensinar os brasileiros a fazer os caça, que serão montados aqui mesmo no Brasil.
O que irá mudar?
Segundo o presidente da Universidade Federal do ABC, em entrevista ao site G1, disse que a compra dos caças suecos representa não somente a compra, mas a imposição internacional a cerca da própria defesa do território nacional, visto que o Brasil, que tem a maior floresta tropical do planeta, tem uma das maiores reservas de petróleo do mundo tem que ter uma industria de defesa desenvolvida.
''Para continuar a ser um país pacífico, o Brasil precisa respeitar e ser respeitado"
Giorgio Romano, professor da Universidade Federal do ABC
A repercussão a cerca da compra dos caças foi grande nas redes sociais. Muitos são contra, com o argumento do país pacífico. E há também aqueles que são a favor. O assunto divide opiniões.
A entrega dos caças está prevista para 2022, em entrega total dos 36 caças. Resta saber, e o tempo dirá, a consequência desse ato.
fonte: http:defesabr.com

Comentários

Postagens mais visitadas

A influência da mídia nos dias atuais

Resenha do livro 1808, de Laurentino Gomes

Resenha do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams