Como seríamos vistos nos tempos passados

A nossa sociedade atual, com todos os nossos telefones e aparatos tecnológicos, nossos carros, motos aviões, emfim, nosso modo de viver moderno. Cada vez mais vivemos dependentes desses aparelhos que melhoram em muito nossa vida em sociedade, principalmente nas grandes cidades.37f26-bigben
Pensa só o que Leonardo Da Vinci iria dizer se visse o cristo redentor no Rio de Janeiro ou se visse a Torre Eiffel, ou os gigantescos edifícios dos Emirados Árabes? Ou se o próprio Jesus cristo visse os templos e igrejas edificadas em seu nome?
Nossos celulares facilitam nossa comunicação, diminuíram o espaço de comunicação. Imagine uma mensagem que vinha da Europa até o Brasil no período colonial. Quando li no livro 1822, do autor Laurentino Gomes, eles duravam em média umas duas semanas ou mais para chegar do ponto inicial ao ponto final. Hoje, quando há uma alteração na bolsa de valores de Nova York ou de Tókio, rapidamente sabemos por meio da internet. Milhões de mensagens são trocadas por pessoas a todo momento, sem interferência de distância ou qualquer outra coisa.
Outra coisa que também iria admirar muito os grandes gênios do passado, e não só eles, mas também toda a sociedade antiga é a forma como nos locomovemos. Carros fechados, que não necessitam de animais ou qualquer força manual para locomover-se. Isso seria uma coisa considerada de outro mundo no tempo antigo. Imagina um carro Ferrari na praça do Egito antigo ou em um coliseu em Roma? Um espanto danado!
Comentem o que vocês acham se vocês fossem de uma sociedade antiga e vissem o mundo como o vemos hoje.
No mínimo, estranho.

Comentários

Postagens mais visitadas

A influência da mídia nos dias atuais

Resenha do livro 1808, de Laurentino Gomes

Resenha do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams