Amarildo seria um vilão?

foto: agência O dia
A polícia militar lança o que talvez seja uma reviravolta no caso do sumiço de Amarildo: segundo Ex-delegado-adjunto da 15ª DP (Gávea), Ruchester Marreiros, Amarildo trabalhava, juntamente com a mulher para o tráfico de drogas na Rocinha.
Segundo ainda o ex-delegado, foram feitas investigações, que renderam mais de mil páginas e inclusive, foi feito o pedido de prisão da esposa de Amarildo.
As informações foram repassadas ao delegado titular da Gávea, Orlando Zaccone. Segundo a denúncia do ex-delegado, Amarildo juntamente com outros integrantes guardavam as drogas. O delegado não denunciou Amarildo nem a mulher devido à falta de fatos que comprovassem o envolvimento do casal.
O novo fato dá uma reviravolta no caso, que era tratado como Amarildo sendo morto pelos policiais da UPP da rocinha, no dia 14 de julho. Há indícios de que o corpo de Amarildo esteja em um aterro sanitário 




aterro sanitário da Seropédica, na região metropolitana do Rio, possível local onde esteja o corpo de Amarildo

Comentários

Postagens mais visitadas

A influência da mídia nos dias atuais

Resenha do livro 1808, de Laurentino Gomes

Capacidade e Incapacidade no Código Civil de 2002