Mais do mesmo

Ano após ano as mesma coisas se repetem na Serra carioca, resultando em mortes desnecessárias fruto do descaso da administração pública.
Agora, mais do que nunca a população precisa de ajuda, não só financeira mas de solidariedade. Muitas famílias destruídas pelos deslizamentos que ocorrem desde o começo da semana entram para a triste estatística de mortes por desastres naturais do Brasil. Até este momento, 30 corpos foram encontrados, não contando ainda o número de desaparecidos, podendo vir a aumentar mais este número.
Tal trajédia mostra quão ineficaz se mostra o Estado, que imcumbido de administrar as finanças públicas quase sempre fazem ma uso delas.
Desde as grandes trajédias naturais de 2010/2011/2013 o governo ainda não viabilizou obras para que essa pessoas fossem retiradas das áreas de risco. Foram construídos, mas ainda não entregues.
Também podemos citar o caso ocorrido em 2010 em Niterói, no Morro do Bumba. Foram construídos apartamentos populares, mas os mesmos antes de serem entregues estão sem condições de moradia. Dos 10, 2 estão condenados.
Infelizmente vivemos em um país em que o descaso público é normal, o que deveria ser contrário. Se  há um político comprometido (será que há?) é sempre visto com estranheza. A nossa cultura de política tem que sofrer muitas mudanças positivas. O país anda com uma carga de políticos que só atrasam o país.

Comentários

Postagens mais visitadas

A influência da mídia nos dias atuais

Resenha do livro 1808, de Laurentino Gomes

Resenha do livro As religiões que o mundo esqueceu