Ser humano

O escuro da noite é um sol
distante
com belas curvas de ódio
talvez seja de sangue
de humanos
que dizem ser ou tentar
ser humanos
trovadores idólatros
de falsas verdades
que tentam buscar
o seu eu em outras
e não percebem que
o verdadeiro eu
simplesmente não existe

Comentários

Postagens mais visitadas

A influência da mídia nos dias atuais

Resenha do livro 1808, de Laurentino Gomes

Capacidade e Incapacidade no Código Civil de 2002