Passagens

Lembrar do passado não é bom e principalmente quando é o nosso, da infância, dos amigos de escola...
Comecei a sentir e ver isso muito tarde, devia ter aproveitado, brincado mais...mas de nada adianta reclamar da vida, do passado, resta apenas olhar para trás com muita saudade e seguir em frente, nunca recometendo os mesmos erros, nunca deixando de lado os amigos e a família.
A nossa vida é passageira, aproveitá-la bem é saber viver...ser feliz.
A razão, emoção, amor são a glória da nossa superioridade sobre os outros.
Não perca tempo, seja como um filósofo, viva cada dia como se ele fosse o último, tenha medo de perder mas nunca se acovarde. Faz bem dar mais valor, admirar, ser! O tempo está passando, amanhã e nem nimguém serão o mesmo.
E ao fim disso tudo restará as memórias de uma vida, o sentimento de querer voltar no tempo e fazer tudo de novo, mas acaba enfim do mesmo jeito, imóvel.

Comentários

Postagens mais visitadas

A influência da mídia nos dias atuais

Resenha do livro 1808, de Laurentino Gomes

Resenha do livro O guia politicamente incorreto da economia brasileira